Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Tijolo Por Tijolo

Semana passada, dos 4 dias de corrida, fiz, 3. Dos 3 dias de musculação, fiz 4, o último, após o longão de 10K no sábado.

Além da rotina servir para melhorar/ manter o condicionamento, a rotina de treino disciplina, educa e evita que venha aquela preguiça que traz as tantas desculpas para pularmos o treino dia após dia.

Mas o ponto, é que, cada treino, cada dia que não faltamos, constrói a parede dos nossos objetivos, aquele tijolo invisível, que não vemos, mas sentimos se formar. Cada gota de suor, é uma gota de sangue que circula dentro de nós, mais mais rápido rumo às nossas metas.

Cada 0,5kg que perdemos conseguimos manter, é mais uma vitória e menos peso que carregamos durante uma corrida, é um corpo mais definido.

Olhando para trás, quando demoramos para atingir uma meta, e percebemos que fizemos nossa parte, e dor fica menor, dá mais vontade de intensificar, ao passo que, quando relaxamos, bate aquela raiva dos dias que não levamos a sério como deveríamos.

E aí? Como está sua parede hoje?






quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Resultado do Sorteio Iguana Sports !

E terminamos a promoção da Iguana Sports!


Como o primeiro prêmio (assinatura por 6 meses da revista The Finisher) envolvia um sorteio entre os 10 primeiros que curtissem o Blog e a Iguana Sports, na semana passada já anunciamos o vencedor: Rafael Nelli Borges.

Ele já foi notificado e já enviamos o código de assinante para ele. Parabéns, Rafael, por ter participado, ter sido rápido no gatilho, e pelo excelente prêmio.

E, como prometido, divulgamos hoje o ganhador do segundo prêmio: um kit do Circuito Athenas*. E o ganhador desse prêmio, é: Jorge Cerqueira!

Parabéns a o Jorge, pela participação e prêmio. Pode entrar em contato comigo pelo FaceBook, ou pelos comentários, e mandar seu e-mail e endereço, para que possamos enviar o prêmio, ok?

Essa promoção foi uma parceria com a Iguana Sports

Para quem não corre, ou está começando, e ainda não conhece a Iguana ( http://iguanasports.com.br), ela edita 3 revistas: The Finisher (http://thefinisher.com.br), WRun (http://wrun.terra.com.br) e Yoga (http://yogajournal.terra.com.br).

Mas, além das revistas (eu assino a The Finisher e recomendo), ela também organiza algumas das melhores provas do país, como: 



e como se essas não bastassem, simplesmente a GOLDEN FOUR ASICS, referência em Meia Maratona no Brasil, seja pela organização impecável, seja pelos resultados dos participantes, impulsionados pelos trajetos planos e participação de ótimos corredores: http://www.asics.com.br/golden4asics/


Agradeço aqui a Iguana, pelo apoio e confiança, e a Letícia Miyasaka, do Marketing da Iguana, pela atenção e presteza nos contatos, sempre.

Vamos trabalhar para trazer outras e melhores promoções para vocês. Enquanto isso, CURTAM o Blog e a Iguana no FaceBook para poderem participar de futuras promoções.

No início da página, tem um link para assinar a The Finisher, sugiro que, se considerarem assinar uma revista de corrida, experimentem. Eu assino, entre outras do mesmo segmento, e recomendo. Para quem não tem muito tempo para ler, lembro: ela é bimensal, ou seja, vocês têm 2 meses para ler cada edição (rsrsrsrs).

Eu conheci a The Finisher um tempo depois de começar a correr, já assinava outras revistas. Mas comecei a comprá-la, uma vez, depois outra, e como estava comprando-a todo bimestre, resolvi assinar de vez.

Portanto, fiquem ligados, não deixem de CURTIR nossas páginas, participem, comentem, coloquem seus e-mails lá em cima, no SIGA POR E-MAIL, para receberem em 1a mão, os novos Posts.

Obrigado a todos, pela participação, e parabéns, mais uma vez, aos VENCEDORES!

Até breve !!!









* O kit poderá ser alterado em função de disponibilidade, e substituído por um equivalente.



Dá uma Força?

Carol (Carolina Arantes) tem um Blog, e está participando de uma promoção para ganhar um óculos bala.


Melhor do que compartilhar aquela reportagem do Fantástico sobre o Face, né?


Valeu !



Authentic Run no Face


Bom, porque fica mais fácil compartilhar fotos, novidades e tudo o mais.

Curtam a FanPage, tornem-se amigos, e tenham acesso a novidades, dicas, provas, e muito mais.

Se você é de Salvador, aproveite e passa lá pra fazer um longão no sábado, se você é de outra cidade, e estiver em Salvador e quiser treinar, aproveita. Se só quiser conversar, tudo bem, essa é a segunda coisa que mais fazermos, depois de correr: colocar a conversa em dia.

Então, dá um alô, nem que seja para conversar, só não seja o primeiro a ir embora... não, o pessoal não fala pelas costas, não, mas, se você tem amigos que fazem uma dessas, como não falar? http://corredoresdeverdade.blogspot.com.br/2012/05/para-nossa-alegria.html.

Treinamos na Pituba e Barra, sábados, sabe lá Deus . . . normalmente, no Jardim de Alah. 

Gosto da Authentic não porque é uma das maiores assessorias, ou tem o maior número de professores por treino, pela estrutura (sala, avaliação, nutrição, bons patrocinadores)  ou porque tem Gatorade aso sábados, e às vezes Prime. rsrsrsr.

Mas porque, além de muito profissionais, o acompanhamento é, de fato, personalizado, e a planilha individualizada e contempla os objetivos e metas de cada um. Praticamente um personal. Você determina a meta, recebe a planilha, faz a sua parte, e as cosias acontecem.

Até porque, se você não as define, vai parar numa Meia da vida.....

Tem amigos que nem correm 5K, outros que fazem Maratona, e treinam 30K, ou fazem um "regenerativo" de 21K, bem básico. Tem até gente que, faz Meia, não faz Maratona e treina pra 30K, que, na verdade é "nada" a "lugar algum". rsrsrs. Bem eclético mesmo.

Quando comecei, pensava: entrar para um clube de corrida? mas eu nem corro! 

Mas começamos assim mesmo: andando, trotando, ambos, depois correndo 10 minutos (é tempo pra quem começa, viu? rsrsrs), e assim vai. Da postura ao movimento dos braços, pegam no pé em tudo.

Quando cometi a insanidade de me inscrever na Meia de Floripa, em dezembro passado, quando nem corria 10K, tive 6 meses para ir de 6,5 a 21K ! Aumentando cerca de 2K/mês - se eu imaginasse como seria, acho que não o faria, mas com longões de 10K, 12K, 14K,  16K e 17,8K, sob chuva (ôba!) e sol, e torções e dores nas costas, a coisa foi indo. Longão máximo de 18K, e depois a Meia!

Quando terminei, Ulisses me disse que não sabia  quem estava de parabéns: se eu pela evolução, ou ele por ter feito um sedentário fazer uma Meia me 12 meses. Não sei, mas o sofá ainda tem as marcas de quando eu ficava largado nele . . . rsrsrs

Só não vale perguntar se vende salada de frutas (não tenho o e-mail aqui para contar o "causo") !

É isso, vamos correr, porque ficar parado cria teias!





domingo, 21 de outubro de 2012

Comprimir ou Não Comprimir?

É um assunto recorrente, e até hoje sem uma definição clara.

Qual a função das roupas de compressão, e quais os resultados práticos das mesmas?

Tecnicamente, as roupas de compressão têm a função de evitar que os músculos façam movimentos maiores do que deveriam, desperdiçando energia (daí o termo compressão, que faz com que esses músculos fiquem "presos" evitando gastar energia desnecessariamente), e melhorando a circulação sanguínea, evitando fadiga, cãibras, e, consequentemente, perda de rendimento.

Isso, é o que se promete, mas existe, de fato, algum resultado concreto? A indústria fala em melhora de até 5% no resultado, o que, para um profissional, faz toda a diferença e mais um pouco. Mas, e para um atleta amador, como é o nosso caso?

Eu adoro novidade e tecnologia. Fato! Tenho bermuda e polaina de compressão. Já corri bem com eles, assim como tive treinos péssimos com elas. E corri muitíssimo bem apenas de short.

Da mesma forma, vemos campeões usando apenas short, e arrebentando nos tempos. Ou seja, não encontrei relação entre resultados com e sem compressão.

Existem até produtos para serem usados antes, durante e depois dos treinos, para recuperar, ou seja: a segmentação levada ao extremo. E isso me faz pensar no real resultado de cada uma dessas linhas.

Eu costumo fazer o seguinte: em provas e longões, uso bermuda, e quando estou sentindo algum desconforto na panturrilha, polaina.

E, quando corro uma Meia Maratona, uso uma blusa de alta compressão, para ajudar na postura, e evitar suar muito, encharcando a camisa.

Mas, o uso da bermuda, na verdade, para mim, é mais por causa dos bolsos, para evitar ter que levar cinto de hidratação. Tenha um bom tênis, conheça-o bem, e corra melhor ainda.

Mas se quiserem saber as marcas de roupas de compressão, seguem algumas:


- 2XU (pronuncia-se "two times you"): http://www.2xu.com/landing/?r=

Marca australiana, considerada umas das melhores - se não a melhor - do mundo. As bermudas não têm bolso. Quase compro quando estive em Paris, estava com uma na mão, mas, por não ter bolso, não comprei.


Marca japonesa, tem calças de compressão com suporte para os joelhos. Bermudas não têm bolso.


- Mynd:  http://mynd.com.br 

Marca nacional, possui modelo com bolso.


Mais uma marca nacional, possui modelos com bolso.

- Fletshttp://flets.com.br 

Marca nacional, é a que uso, e vou procurar outra. Modelos com bolso.



Enquanto isso, vamos testando e procurando a combinação ideal.



Seguindo em Frente - ou Novas Metas Para uma Nova Era

Pomposo esse nome . . .

Leiam esse Post com essa música ao fundo: http://www.meiadefloripa.com.br/#!video/

Depois da Meia de Floripa, que me inscrevi em dezembro quando não corria nem 10K, tinha que estabelecer novas metas, quem pára, cria raízes.

Mas veio a Meia do Rio, depois desaceleração leve nos treinos... na verdade, já havia estabelecido minhas novas metas, mas só agora, com o ano terminando e o tempo urgindo, vou acelerar para cumprí-las.

rsrsrsrs . . .

Bem, não pretendo correr uma maratona, acho chato correr por mais de 4 horas (não, não faria em sub 3), desgastante por demais, muita privação para atingir essa meta.

Mas isso não significa que não possa evoluir. Então, tenho que melhorar meu pace, e aumentar a distância. E que distância seria essa?

O MURO me parece um bom começo. Quem sabe me animo e sigo em frente? Só Lorena e Ulisses compartilhavam essa informação, além de alguns poucos loucos da Authentic que são meio maratonistas e se animaram para a empreitada.

Lá, são 3 maratonistas (Jacintho, Roque e Vladimir), vários meio maratonistas, e vamos inaugurar uma nova categoria, a dos "muristas". Olha, nem sei se vou fazer os 30K no primeiro treino que Ulisses marcar, mas como iremos aos poucos, 22, 25K, vou me empenhar para tal. 

Ah, mas que esse muro vai ser derrubado uma hora, ah, isso ele vai, sim. Com pernas, pés, suor e Saucony. Sem sangue, claro. Só alegria.





Depois desse desafio vencido, ano que vem, falo da meta para 2015/2016. kkkkk

Planejamento é tudo e mais um pouco.

Gostaram da música?  ;-)



Crise

Crise é como virose: ninguém sabe ao certo o que é, nem como curar, apenas sabe que existe, incomoda e que, normalmente não mata, portanto uma hora passa... rsrsrs

Sim, mas por que isso, Roberto?

Muita gente passa por crises, viroses, etc. alguma vez na vida. Vejo muito relato de pessoas que correm há algum tempo, de iniciantes, e uma coisa recorrente, é que, em algum momento, bate aquela vontade de ficar quieto, não fazer nada, dar um PAUSE na vida.

Engraçado, isso... todo mundo quer ir pro céu, mas ninguém quer morrer...

Depois da Meia do Rio, treinei de forma inconstante, até viajar. No volta, coloquei na cabeça que ia me programar para administrar o trabalho, a vida, para que voltasse com a disciplina que me é característica.

E a volta focada, é sempre dura, difícil, punk, como queiram chamar. Mas existe uma meta maior com nós mesmos: seja perder peso, moldar aquela barriga, atingir uma nova distância, melhorar o pace, uma prova chegando, enfim, ALGO a se buscar para ir em frente.

E eu tenho vários "algos" para buscar, portanto, perder tempo não é um bom negócio. Assim se foram 6K essa semana, mais 8K ontem, serão 10 sábado que vem, e com alimentação adequada e treino, se chega longe, mais precisamente onde pretendemos. Ontem eram 8,1K. E foram apenas 8,1, sem tirar nem por. Seriam 10K se preciso fosse, mas foram 8,1 e ponto final.

Mas, o que percebi, foi o seguinte - por mais paradoxal que possa parecer: a maior motivação vem quando você retoma, e vê que as coisas voltam a acontecer, que você realiza as coisas de forma tranquila e que é, mesmo capaz de fazer o que já fazia antes. 

Cada Km percorrido, cada pace desejado, cada gota de suor que cai e volta em forma de energia para irmos em frente.

Porque MOTIVAÇÃO, não é um fator exógeno, que alguém faz por você. Motivação, vem de dentro de cada um - ninguém motiva ninguém, só você pode fazer isso por você mesmo!

Isso está em todos os livros de Administração, mas muita gente ainda duvida e espera uma providência divida. Acorde, levante-se, saia, vá em frente ! O mundo é seu, e depende apenas de você. 

Logo, logo, a desanimação passa, e a endorfina toma conta do eu corpo. Por que vocês acham que eu tenho sempre uma ou duas corridas agendadas?



Saucony Triumph9: Informações Técnicas

Ok, vamos complementar as primeiras impressões no novo membro da coleção (já são 6: 2 Mizuno, 1 Brooks, 3 Saucony).

Como já disse (1, 2), o Triumph9 é mais leve, macio, e com o amortecimento (cushioning,  em inglês, caso você esteja nos EUA e deseje pedir um calçado privilegiando o amortecimento) característico do modelo. 

O modelo 9, tem uma novidade, que poucos vão notar simplesmente usado-o: a Saucony zerou a diferença entre o calcanhar e a ponta do tênis, mantendo, uniformemente em 8mm.

Normalmente, essa diferença varia de 12 a 8 mm, ou 24/ 12mm. Isso faz o perfil do Triumph9 andar de mãos dadas, SEM, SEQUER SÊ-LO, com o minimalismo. O que virá por aí?

Explico: calcados semi-minimalistas, como o Cortana, Kinvara, entre tantos outros, têm essa característica de mesmo perfil de uma ponta a outra, mas, claro, no caso desses, o perfil fica em torno de 4mm. E os minimalistas, 0mm, como o Five Fingers, por exemplo.

Outra novidade, é que a Saucony aumentou os orifícios para respiração, o que faz com que, num dia frio, você sinta o vento entrar no calçado, bem como, numa poça, seu pé molhar mais rápido, mas que garante uma melhor respiração durante a corrida.

Além disso, desde outras versões, a Saucony usa um projeto chamado Arch-Lock, que prende melhor e deixa o pé mais firme no calçado. 

Vejam esse vídeo, mesmo que não falem inglês, em 1:07, como se comporta o tênis durante uma corrida: http://www.youtube.com/watch?v=doOSUkupYfs.

E, continuamos em busca do tênis perfeito, até a presente data. Amanhã tudo muda . . . 



sábado, 20 de outubro de 2012

Boa Surpresa!

A Gatorade lançou há alguns meses, uma linha pré e pós treino, além do isotônico já conhecido. A idéia é que o atleta use os produto durante todo o período de treinemento.

O isotônico já conhecemos, o pós, minha nutricionista sugeriu continuar usando a proteína que já utilizo (embora o pós contenha outros elementos que repõem algumas das substâncias que perdemos durante o treino).

Minha idéia, era usar o pré no lugar do GU, que tem um gosto questionável, embora com resultado satisfatório.

Em 3 meses de procura, não achei nem no Rio (quando fui para a Meia), nem em Paris. Em contato com a Gatorade, fui informado que quem faria a distribuição é a Probiótica, e que, em breve, chegaria no Nordeste.

Eis que, ao terminar o treino hoje, encontro na barraca da Authentic Run uma caixa repleta de Gatorade Prime (nome do pré treino) !

Nem acreditei. Perguntei até quanto custava o sachê...kkkkkk. Mas, como a Authentic tem entre os patrocinadores a Gatorade, era cortesia !









Que bela surpresa. Vou usar no próximo longão, sábado, e conto as impressões. Valeu mesmo !  Muitos nem conheciam, outros podem não dar valor, mas eu estou em busca de um substituto pro GU Roctane, e vamos ver se o gosto e o resultado serão satisfatórios.

Esse produto deve ser usado antes do treino (cerca de 15 minutos), e não durante.

Assim, minha estratégia fica assim:

Antes do treino: GU Roctane ou Gatorade Pre Series.





A partir de 1 hora: GU Chomps (no lugar do GU em gel):



Hidratação: Água ou Gatorade.

Complementando, torrões de açúcar/ rapadura.

Em treinos mais longos, em vez do Gatorade, GU Brew:

E, ainda a ser testado, em casos extremos (olha quantos Km... rsrsrs):







Firmes e fortes, em busca da combinação ideal.

Foi um belo sábado . . .


segunda-feira, 15 de outubro de 2012

PROMOÇÃO !!!!!!!

Ok! Vamos lá !

São 2 prêmios:


#1: 1 assinatura por 6 meses da Revista The Finisher, sorteada entre os 10 primeiros participantes













#2: 1 kit de corrida do Circuito Athenas*, organizado pela Iguana Sports






















PARA PARTICIPAR: É simples ! basta CURTIR a página da Iguana Sportshttps://www.facebook.com/iguanasports.br 

e do Corredores de Verdade

E deixar o nome e e-mail nesse Post ou no FaceBook, em comentários. Sim, essa promoção apenas para quem tem FaceBook, ok?

PRONTO !!!

Os 10 primeiros que deixarem o nome e e-mail participarão do sorteio da assinatura da The Finisher, uma das mais completas revistas sobre corrida do Brasil.

Os demais, vão participar do sorteio do Kit do circuito Athenas*, ok?

Sejam rápidos! CURTAM as páginas ! Deixem o nome e e-mail ! São 2 oportunidades ! Dois prêmios ótimos, e os mais votados pela maioria, na nossa pesquisa.

Vamos encerrar a promoção 19/10 23:59, ok? Informaremos os vencedores até 24/10, certo?

Mas só leva quem CURTIR as páginas, ok, pessoal?



BOA SORTE E BOA CORRIDA A TODOS !!






*pode ser substituído por um similar, por questões de disponibilidade



domingo, 14 de outubro de 2012

Meia Maratona Farol a Farol: Pois é, Paciência. . .

Quem fala sobre incentivo, vitórias e desejos, fala também sobre fracassos.

Fui desaconselhado a fazer essa Meia pelo meu fisioterapeuta, treinador e por mais 2 médicos. Votei de viagem segunda passada, treinei terça e quinta, e fiz musculação quarta.

Seria minha 3a Meia, e todas esse ano. Deveria ser a 4a, pois a Meia Maratona Caixa da Bahia eu fiz apenas 10K, com um sol de rachar, mas eu estava com uma condição física melhor que hoje.

Uma sucessão de fatores (só agora, olhando em perspectiva, consigo observar):

# O iPhone que é nosso despertador, simplesmente, de 98%, ZEROU a bateria em 2 horas (!) e acordamos 05:15 em vez de 04:30

# Não passei protetor solar

# Chegamos em cima da hora na tenda da Authentic, para irmos juntos até a largada, do outro lado da cidade

# Para chegar logo na tenda, fui correndo forte sem aquecer

# Esqueci minhas "coisas" (gel, açúcar, bisnaga, GU Brew, etc.) e tive que pegar parte do que Lorena tinha com ela, que não era o que iria usar

# Trânsito bloqueado, tivemos que mudar a rota, chegamos na largada logo após o pessoal sair. Como a largada dos 21K era exclusiva, tinha pouca gente e fomos os últimos a passar o chip

# Para chegar na largada, outra corrida sem aquecer

# Na agonia, saí sem alongar

# Pessoal, Lorena foi, literalmente a última a passar pela largada. Teve que ouvir: "Bora, que a Vitalmed está acompanhando", "Vocês são os primeiros... de 2013". Realmente, o nível e participação dessa gente é "emocionante". Olha que larguei no final da Paris Versailles, e NUNCA ouvi sequer, algo do tipo, só incentivos. Mesmo na Meia Internacional do Rio (nessa estava no "miolo"), o pessoal foi em peso às ruas e só ouvimos incentivo.

Que me desculpem os baianos "do bem", mas aqui o buraco é bem, mas bem mais embaixo... ô povinho participativo, ô povinho lindo e de nível internacional. Que venha a Copa! 

Lembro de Jacintho, maratonista do nosso grupo, que, ao voltar da Maratona de Berlim, foi fazer uma Meia aqui, logo depois, e ouviu de uma senhora: "Esse povo desocupado que não tem o que fazer e fica atrapalhando o trânsito"....

Mas, pessoal, isso não foi "O" problema. 

No Km 3 senti uma fisgada na perna entre a virilha e a coxa, coisa normal para quem corre; continuei e senti a dor mais forte. Diminuiu. Continuei. Voltou, uma fisgada, outra, aquela dorzinha que não passava.

Pensei: "Se eu continuo, ou ela vem rasgando, ou diminui/ passa e, no final, vou ter o mesmo problema que tive com o psoas"

E eu tenho outros planos para ficar parado por causa de uma teimosia. Crescer é aprender e amadurecer. Errei muito - e evoluí enormemente - nesses 16 meses de corrida para não aprender até onde devo ir.

E, no Km 4/ 4,5, parei. Deixei o POLAR rodando na esperança vã, de, quem sabe, ver uma luz e voltar a correr, mas a única luz veio do arco-íris, pois o dia nublado deu lugar a um sol de rachar - depois de dois dias nublados e com chuva.

Até parar, foram 2 postos de hidratação - soube que estavam a cada 2K, o que se confirmou até interromper minha prova, pelo menos. Andei um trecho e fui vendo os postos serem desmontados, as divisórias serem retiradas da rua.

Passei por lugares onde treino vendo pessoas correrem em pleno domingo. Senti raiva, revolta, mas de mim mesmo, pela forma como as coisas aconteceram. E, no fundo, um alívio por ter interrompido e acreditando que, por isso, vou poder continuar correndo já na segunda mesmo.

Minha 3a Meia era mesmo a que fiz 10K, não essa.

E tomei uma decisão: não farei mais provas esse ano, só treino, treino e treino.

Tenho apenas a Track&Field Salvador Shopping (já inscrito), que vou fazer 5K, pois 10 são duas voltas, e vou tentar fazer um tempo "legal".

Não vou fazer a Adidas Verão (dezembro) nem EcoRun (novembro). Talvez Circuito Powerade, em dezembro, que será à noite. 

Em novembro tem uma prova em Pituaçu, que nunca fiz e tenho muita vontade, mas é uma prova pequena, pouca estrutura, não sei. 

Posso nem fazer a Track&Field, pois cai no dia da Golden Four de Brasília . . . kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Espero contar muito mais vitórias do que derrotas, embora, algumas vezes, não dependa apenas de nós.



sábado, 13 de outubro de 2012

Kit Meia Maratona Farol a Farol

Pela 1a vez não peguei o kit no primeiro dia. 

Mas, aí está:

# Camisa da prova, por cor, relativa a cada distância (5, 10 ou 21K). A de 21K é azul, 10K verde e laranja, 5K.

# Viseira 

# Protetor solar Vichy

# Caixa com 3 barras de cereal Tia Sônia

# Sachê de gel GU

# Chip descartável com prendedor

# Alfinetes

# Número do peito plastificado

# Sacola





E aí? Quem vai?



Entrando na Linha

Para quem acha que tudo é difícil e impossível (rsrsrs).

Chequei de Paris segunda com 87Kg (meu peso ideal é 83Kg, 4 a mais, portanto).

Voltei à dieta (lá, comia durante o dia lanches de máquina: batata frita, sorvete, refrigerante,...), corrida e musculação - nada demais, apenas o que já fazia normalmente. 

Evitei "escorregões" e hoje, bati nos 84Kg. 3 Kg a menos em 1 semana.

Basta querer, fazer por onde, ter disciplina. Os resultados aparecem.

Acredite!



sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Quanto Vale um Cliente?

Sou do tipo de consumidor que dá feed-back, reclama, permite que as empresas se revertam uma situação ruim e mantenha o cliente. Dou essa chance.

Nem sempre, no Brasil, as empresas têm essa consciência e resolvem os problemas, ou mesmo têm a sensibilidade de ouvir e sentir o problema.

Foi o que aconteceu com a FLETS. Minha 2a bermuda de compressão da marca começou o soltar - ainda bem no início - as letras. Mandei um e-mail para lá, que foi respondido no mesmo dia, informando o relatado no e-mail abaixo.

Observem que as opções, eram sempre para que eu ficasse sem o produto, ou até que enviasse a bermuda sem as letras para impressão.

Eu compro FLETS por causa dos bolsos - não gosto de usa cinto de hidratação - e ela é praticamente a única que possui bolsos. Não acho a Asics bonita, e a Mynd não consegui descobrir se o modelo para corrida tem, o de triathlon sim, mas não pude ver se tem aquela proteção na parte de trás que não preciso.

De qualquer modo, mandei uma sugestão para a Mynd e Woom, pois não podemos ficar reféns de uma única marca. A Mynd, nem site tem, só uma página inicial, se você quiser ver os produtos, só nos sites que vendem a marca. Dureza.










Organização é Tudo

É outra coisa, é outro mundo, é outra filosofia...

Terminei esquecendo de postar.

48 horas depois da corrida Paris Versailles, já estava disponível no site o resultado, certificado, fotos para compra e video da prova! Detalhe: as fotos, 01/10 à noite (a prova foi 30/09).

Sim, e daí? Daí, que, o site da Meia de Floripa (17/06) ainda mostra o video de 2011, e Meia Maratona Caixa da Bahia, quando mandei um e-mail perguntando onde comprar as fotos, responderam que não tinham um empresa parceira e que não poderiam informar, e sugeriram que eu procurasse na internet ( ! ).

Sim, comprei as fotos (€ 10,00 cada, ou € 25,00 TODAS, não importa quantas, e foram 10), mas ainda não consegui baixá-las (rsrsrs, mas vou conseguir) para postar.

Mas chegamos lá um dia, ah, chegamos... Queria mais um motivo para correr uma prova lá fora? Eis: organização de seriedade.





quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Desafio Perini 2012

Não estarei em Salvador nessa data, mas queria muito participar. No ano passado ainda não corria 10K (sim, atingi essa distância em março/ 2011, e, em junho fiz minha primeira Meia ! rsrsrs).

E esse ano, não vou participar novamente. Fica para 2013!



Boa prova para quem vai - e acho interessante, pois o percurso e diferente, e isso me estimula.

Quem vai?



Saucony Triumph9: Primeiras Impressões

Pois, é, terça fiz o primeiro treino com o Saucony Triumph9, para sentir se dá pra fazer a Meia Farol a Farol domingo sem problema, afinal, não se deve inaugurar um produto numa prova, ainda mais de 21K.

Normalmente, o Saucony não tem - pelo menos comigo - esse problema, mas, sabe como é, seguro morreu de velho. Usei- o em Paris para amenizar as dores na panturrilha e pés, pelo excesso de caminhada, e senti um leve incômodo no dedo mindinho do pé esquerdo, nada que comprometesse, mas um leve aviso, talvez porque estava cansado e pisando errado, enfim...

Bem, terça deveriam ser 60 minutos, mas, como estava sem treinar há 1 semana e meia, reduziram para 35 minutos ou 5K. E treinei 28:39, fazendo 4,510K.

O tênis é leve - 309g contra 337 do Triumph8, tem excelente amortecimento, e uma estabilidade muito boa.

A leveza sentimos logo ao calçar, e continua quando corremos, ele realmente faz diferença, claro, não é um modelo minimalista de 220g, mas, para o propósito, atende muito bem.

O amortecimento é uma característica do modelo, para pessoas mais pesadas (meu caso que peso 83Kg) e que não corram focados na velocidade exclusivamente, esse modelo tem uma dos melhores amortecimento que já experimentei.

Aliado a uma estabilidade que permite sentir segurança durante a corrida, em alguns momentos do meu treino senti um pouco de fadiga, pelos 10 dias sem praticar, e nesses momentos, o Saucony não só não atrapalhou, como forneceu conforto e amortecimento adequado.

Acho que cada um deve ter seu calçado "referência", sem, lógico, fechar a mente para novas opções. E o Triumph é minha referência.

Preço: no site da Saucony: US$ 98,00. Em lojas que enviam para o Brasil: US$ 115,00 (mais frete e imposto). Na Europa: entre € 105,00 a 145,00. Meu Triumph8, comprei lá fora, paguei frete e imposto e saiu pro R$ 271,00.

O Triumph8 custa, no Brasil, R$ 550,00, e o modelo 9 nem está a venda ainda (pelo menos nas minhas pesquisas). Por esse preço (lá fora), recomendo fortemente.


Vale a pena experimentar, para quem tiver oportunidade de viajar e comprar lá fora.


domingo, 7 de outubro de 2012

Ano no Fim

Ano terminando ( ! ), as provas já programadas (quase todas) e agora, é só treinar pra fazê-las bem e melhorar o tempo. Vamos ver se agora retomo direitinho.

Vamos lá:

14/10: Meia Maratona Farol a Farol. Voltando de viagem, sem treinar, mas fiz a inscrição pra não perder o foco e a disciplina. Será a 3a Meia do ano e desde que comecei a correr, em junho de 2011. Era para ser a 4a, mas na Meia da Bahia, fiz apenas 10K, pois estava entre a de Floripa e a do Rio. E pode ser a penúltima, se fizer a Golden Four Asics de Brasília. Vamos ver. Seria fantástico fazer 4 num ano, não é?

04/11: Track&Field Salvador Shopping. Essa prova são 5 ou 10K, sendo que 10K fazemos 2 voltas no circuito. Não tenho paciência, então, vou fazer 5K e tentar um sub 31 ou 30. Se não fizer a Golden Four....

11/11: EcoRun: ainda não me inscrevi, mas serão 10K.

08/12: Corrida Noturna TV Aratu: 5 ou 10K, seriam 10, quero fazer essa em vez da Adidas no dia seguinte, se o pessoal do grupo quiser trocar...

09/12: Circuito das estações Adidas Verão. Seriam 10K, ou 5, caso corra 10K no dia anterior.

Acho que assim o ano termina de forma satisfatória, não é?


E vamos rumo a 2013, como novas metas e desafios . . . rsrsrsrs. Ao infinito e além !



quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Saucony Kinvara3

Quando fui comprar o Saucony Triumph9, além desse modelo, havia um conhecido meu, o Kinvara3. É um modelo intermediário entre minimalista e convencional, e eu estava tentando a experimentá-lo.





Esse modelo tem as seguintes características: é mais leve, a diferença entre a parte posterior e anterior é quase zero, amortecimento menor que um Triumph9, por exemplo e uma sensação de pisada mais "natural".

Disse o vendedor: "Esse calçado é recomendado para pessoas mais leves, que correm rápido, atingem o chão com a parte de frente em passos leves e rápidos, na verdade, mal tocando no chão. E voltado para corridas de até 10K, uma maratona pode incomodar o corredor pelo esforço exigido.".

Considerei as explicações, e resolvi não experimentar, pois não tenho o perfil indicado. Mas fica a dica para quem quiser testá-lo.



Torrão de Açúcar

Como havia falado, na prova usei pela 1a vez torrões de açúcar e achei o resultado bem interessante. Nunca havia encontrado em Salvador para usar, e eis que, num mercadinho aqui, olha o que achei:




Eu estava "subtraindo" torrões da cafeteria do hotel, mas acho que não será mais necessário... rsrsrsrs. 2,70 €. Acho que vou comprar outra caixa.

Vale a pena experimentar, gostei dele na corrida. Ainda não sei se foi o GU, ou os torrões, mas descubro rapidinho, deixa eu voltar e treinar.